SAP é muito inflexível

Acreditamos que um período de 31 anos possa ser considerado tempo suficiente para observar a evolução das muitas e variadas espécies que convivem no mundo empresarial. Na SAP, à margem das críticas recebidas ao longo desse período de tempo, temos evoluído paralelamente às necessidades em constante mutação do mundo dos negócios. Talvez não tenhamos proclamado o nosso vanguardismo aos quatro ventos com tanta veemência como alguns dos nossos mais diretos concorrentes. No entanto, temos ouvido os conservadores e os visionários, a fim de optar pelo melhor de ambos os mundos, mantendo sempre uma postura realista e com os “pés no chão”. As nossas aplicações de gestão empresarial têm incorporado as melhorias funcionais e operacionais que demonstravam poder melhorar a capacidade competitiva dos nossos clientes.

Da evolução das espécies à genética corporativa

pareSe observarmos o nosso universo de clientes, descobriremos que, ao longo do tempo, aproximadamente 90% dos nossos primeiros 100 clientes continuam conosco após 30 anos. Tal fato obedece a uma clara capacidade de adaptação da SAP às condições em constante alteração e solicitações dos nossos clientes. Temos trabalhado lado a lado com os nossos clientes e parceiros para poder oferecer soluções cada vez mais sofisticadas e catalisadoras da geração de valor nas cadeias logísticas e produtivas de empresas de todas as dimensões e setores. Além disso, a SAP investe todos os anos 20% das suas receitas em pesquisa e desenvolvimento, o que nos permite melhorar o software que soluciona os problemas presentes, e trabalhar sobre os requisitos do futuro.

É indiferente que a sua empresa se dedique à fabricação, à embalagem de produtos ou se o seu negócio consiste na prestação de serviços, porque teremos sempre uma solução que se adapte ao seu caso, especificamente. É igualmente indiferente o seu setor de atividade ou o meio através do qual se comunica com os seus clientes e fornecedores, o número de centros de produção e/ou trabalho, a localização geográfica ou o idioma da sua empresa. A SAP lhe permite trabalhar de modo multiidioma e multimoeda, com qualquer plataforma de hardware, sistema operacional ou base de dados dos fabricantes líderes do mercado. Assim sendo, se você pretende alterar qualquer uma dessas múltiplas variantes do seu ambiente de negócio ou tecnologia, a SAP continuará a lhe proporcionar a mesma capacidade de resolução e de criação de valor.

Não queríamos deixar de referir um elemento importantíssimo desse percurso evolutivo: o nosso ecossistema de parceiros para as pequenas e médias empresas. Esta parceria permite o desenvolvimento de soluções para as pequenas e médias empresas brasileiras, com um vasto conhecimento das suas necessidades, proximidade geográfica e experiência demonstrada em inúmeras implementações de soluções SAP. Graças à sua comprovada eficácia em consultoria SAP para as pequenas e médias empresas, você poderá beneficiar-se com custos e tempo de implementação, obtendo um rápido retorno do seu investimento e reduzindo drasticamente o custo de propriedade dos seus sistemas de gestão empresarial.

Só depende de você continuar a “torturar os seus dados até que eles confessem” ou confiar na SAP para acompanhá-lo ao longo do seu ciclo evolutivo até ao êxito empresarial.

SAP tem um “tamanho único”

No início existiam as aplicações isoladas. A sua enorme variedade proporcionava informações entre todas as áreas da empresa. No entanto, podiam ser representadas como ilhas isoladas de trabalho. Sempre que o usuário final tentava obter informações, ficava completamente frustrado. Para tomar decisões de negócio complexas, tinha de analisar dados atuais e históricos, integrados, procedentes de várias áreas de negócio. Em suma, as aplicações simplesmente não possuíam o que era realmente necessário para ajudar nas tomadas de decisão… até que surgiram os sistemas ERP no ambiente empresarial.

Ainda que se aceite normalmente no mundo dos negócios que a integração da informação é uma necessidade e não uma alternativa a valorizar, quanto tempo mais será preciso para que as pequenas e médias empresas elevem ao grau de sabedoria convencional a vantagem que proporciona um ERP para a sua gestão? Sim, um sistema dentro de parâmetros comuns que evitam silos de informação, processos paralelos, redundantes ou mal desenhados, e geralmente sem valor para a sua cadeia logística.


tamanhoPara que reinventar o valor médio se podemos modelar a excelência?

No passado fomos freqüentemente acusados de criar soluções de software de gestão demasiado “standards”. Contudo, hoje em dia, essa opinião foi modificada. Um fabricante de produtos alimentares pretende que os seus enlatados de conserva mantenham, ao longo do tempo, quantidades, qualidades e propriedades idênticas em todas as suas unidades e lotes; o mesmo sucede com uma garrafa de vinho, com o calçado ou com a forma pela qual as empresas prestam um determinado tipo de serviço aos seus clientes. Os mercados e os consumidores exigem características constantes e igualitárias entre si. É nisso que consiste a padronização. Não se trata de uma moda, mas de um modelo de entrega de bens e de serviços normalmente exigido.

As normas ISO estabelecem processos homogêneos; as próprias associações setoriais estabelecem processos homologados, assim como os programas de qualidade total que derivam das teorias de Edwards Demming, pai do programa de 14 pontos para a “qualidade total”. Esse tipo de norma ou conjunto de processos predefinidos e normalmente aceitos converte-se num ponto de referência, conseguindo obter melhorias significativas em relação às cadeias logísticas e produtivas das empresas, a fim de entregar os bens e serviços solicitados pelos mercados e pelos consumidores.

No mundo do software de gestão empresarial, a SAP foi pioneira na integração de processos e, conseqüentemente, na padronização da funcionalidade aplicável a processos de negócio interligados, válidos para empresas de todas as dimensões e setores. O modo de utilização desse tipo de funcionalidade standard dependerá das próprias empresas, já que mais de 1.000 processos de negócio contemplados pelo nosso software poderão ou não ajustar-se, total ou parcialmente, às suas necessidades. No entanto, o que é indiscutível é o fato de que a referida padronização é positiva, no sentido em que permite que todas as áreas da empresa trabalhem com uma única ferramenta, tenham acesso à mesma informação e adaptem os seus processos de gestão às melhores práticas de negócio vigentes.

Com aplicações independentes, os dados se perdem numa vastidão de repositórios de informação, fomentando a improvisação não informada, inabilitando o conhecimento que conduz à obtenção dos resultados programados pela direção, multiplicando a entrada de dados, gerando erros e redundâncias, aumentando as despesas de manutenção e a propriedade dos sistemas e das aplicações. Quem poderia, nessas circunstâncias, obter informação instantânea sobre a sua empresa? Poderá continuar a gastar dinheiro na adaptação de aplicações de gestão de informação corporativa, reinventando algo medíocre, ou, pelo contrário, modelar a excelência em função das suas necessidades.

SAP é muito complexo

Se entendermos por complexidade “a condição do universo pela qual é demasiado rico e variado para ser entendido através de rotas lineares simples”, então as soluções de software de gestão da SAP são tão complexas como a própria realidade do mundo empresarial. Não existem duas empresas iguais nem dois mercados que se comportem da mesma forma, assim como “nada é tão diferente como duas pessoas iguais”. A diversidade implica ter em conta múltiplas variáveis, cuja interação pode resultar em várias alternativas que se traduzam em soluções para problemas semelhantes. Na SAP, disponibilizamos processos empresariais capazes de gerir estas múltiplas variáveis, num âmbito de negócio relativamente comum, de forma a estabelecer vários caminhos que solucionem a problemática empresarial em ambientes complexos.

Pré-configuramos a complexidade para que você possa resolver os seus problemas do modo mais simples possível.

complexoQuem fala da complexidade das soluções SAP não tem em conta algo que se aplica normalmente ao mundo dos negócios: é mais fácil adaptar um template baseado num modelo complexo, válido agora e no futuro, do que uma solução criada a partir do zero. Uma solução de maior amplitude (ou complexidade) cobrirá necessidades simples do presente, e também as mais complexas no futuro, à medida que o seu negócio se torna maior e mais complexo. Em conjunto com os nossos clientes e parceiros, desenvolvemos soluções de gestão concebidas com base nas melhores práticas de gestão empresarial. Estas soluções cobrem uma vasta gama de cenários de negócio para clientes de todas as dimensões e setores, permitindo resolver complexos desafios do presente e também do futuro.

Talvez você pense que a nossa amplitude de processos e de cenários de negócio vai além daquilo de que a sua empresa necessita. Nós sabemos disso e, por esse motivo, oferecemos a possibilidade de implementar apenas os processos que cubram as suas necessidades do momento, sem fechar contudo as portas ao futuro. Mas façamos uma analogia: um terno sob medida é uma peça de roupa ajustada no momento da confecção. Caso a sua condição física varie, esse terno deixará de lhe assentar como uma luva, além de seu custo ser maior (ou não) do que o terno “prêt-à-porter”, que tem condições de confecção, entrega e adaptação mais amplas. Por outro lado, realizar ajustes numa peça de roupa “prêt-à-porter” (se bem que, dependendo das características, possa ser mais caro) será sempre mais fácil, mais rápido e econômico, de um modo geral, uma vez que serão ajustes mínimos. Na SAP “fazemos com que o seu terno seja elástico”, de modo a poder ajustar-se ao seu negócio sempre como uma luva.

As nossas soluções de gestão baseiam-se num modelo de “tamanho único”, ajustando-se a cada imperativo de negócio de forma elástica, permitindo que os nossos clientes desfrutem uma escalabilidade sem limites. Os limites são impostos pelo próprio cliente e o seu modelo estratégico. Nós, em conjunto com os nossos parceiros e clientes, ao longo de mais de 31 anos, temos trabalhado no sentido de diminuir a complexidade e as variáveis de negócio que influenciam a capacidade de competição da sua empresa, agora e no futuro. Em outras palavras, a nossa experiência real e efetiva em vários setores permitiu-nos encontrar o caminho mais rápido para solucionar muitos dos desafios com os quais você talvez se depare neste momento. Com a ajuda da SAP, você não vai precisar procurar a forma de os solucionar por si mesmo, já que conta com um modelo alternativo e predefinido através do qual superará qualquer barreira de negócio.

SAP é muito caro

Quantas vezes você já não ouviu ou utilizou a conhecida expressão do mundo dos negócios “o barato sai caro”? No mundo dos negócios, conceitos como custo, preço ou valor adquirem diferentes interpretações, dependendo do lado em que nos encontramos. No âmbito das pequenas e médias empresas, esses termos adquirem uma importância ainda maior, principalmente se tivermos em consideração as restrições orçamentárias e de capacidade de investimento com que, freqüentemente, essas empresas se deparam nas suas decisões de compra.

muito-caroMuitas pequenas e médias empresas não consideram as suas decisões de investimento em Tecnologia da Informação na base de contribuição respectiva para os resultados econômicos da empresa. Muitos gestores de pequenas e médias empresas consideram que o investimento efetuado nessa área seria mais bem aproveitado em outras áreas, especialmente naquelas em que a entrada de receitas tem um maior impacto e visibilidade a curto prazo. As suas principais preocupações centralizam-se em manter e impulsionar o negócio. No entanto, esta visão – ainda que pragmática, principalmente a curto prazo – não tem em conta que a orientação para o crescimento acarreta maior complexidade: mais produtos e serviços, mais clientes e canais de venda, mais empregados para gerir e, acima de tudo, mais dados para analisar, provenientes de múltiplas fontes de informação, que muitas vezes são difíceis de comparar. Admitamos que a automatização da informação tenha um custo muito superior do que aquele que as empresas e os seus gestores podem imaginar. Não existe uma conta do razão para esse custo específico, mas certamente poderemos encontrar o seu saldo devedor em termos de custo de oportunidade.

Um centavo poupado é sempre um centavo ganho? Sim, se o considerarmos em termos de retorno do investimento.

Na SAP, entendemos a poupança em termos de geração de valor e retorno do investimento. A título de exemplo no âmbito funcional da área financeira, podemos mencionar algumas reduções importantes, como:

• melhorias nos processos de pagamento a fornecedores e redução do reprocesso de contas a pagar em cerca de 25%;
• redução das perdas em descontos aplicáveis a condições de pagamento em cerca de 50%;
• redução dos tempos destinados aos encerramentos contábeis em cerca de 60%;
• redução de tarefas administrativas e sem valor em cerca de 25%;
• redução dos custos de geração de informação e relatórios em cerca de 50%;
• redução dos custos dos processos de reconciliação entre 50% e 80%;
• melhorias no desenvolvimento, controlo e gestão dos orçamentos a partir dos 15% e até aos 45%.
No âmbito tecnológico, devido à integração de plataformas e outras aplicações, é possível encontrar as seguintes melhorias:
• redução em cerca de 35% na integração de mapas dos sistemas;
• redução do número de interfaces em cerca de 35%;
• redução dos custos de manutenção e operação dos sistemas em 35%.

Somando tudo isso, você poderá verificar que o investimento numa solução SAP é muito menor do que aquilo que lhe é proporcionado, devido aos rápidos retornos obtidos.

As soluções de gestão da SAP para as pequenas e médias empresas ajudam a poupar muitos centavos em cada transação, reduzindo os custos de manutenção, e de propriedade, encurtando os tempos de processamento das operações, integrando e partilhando informações preciosas e únicas – em tempo real – para toda a sua empresa, gerando sinergias entre as diversas áreas e departamentos. Se as nossas soluções ajudam a poupar, então a SAP ajuda a ganhar.

SAP é muito lento

No mundo dos negócios, ser pequeno pode, em determinadas circunstâncias, proporcionar certa comodidade e muitas vantagens. No entanto, esta situação é, em regra geral, uma fase inicial do ciclo de vida de muitas empresas. Mas a verdade é que ninguém gosta de ser pequeno, pois isso pressupõe, entre outros fatores, maior exposição e vulnerabilidade às grandes empresas, principalmente em momentos de turbulência econômica. É em momentos como esses que grandes e pequenas empresas enfrentam uma situação da qual só saem vencedoras aquelas que, em termos de competitividade, se encontrem mais bem posicionadas.

Apesar de os responsáveis pelas empresas, atualmente, conseguirem cumprir as suas responsabilidades orçamentárias, existe a nítida noção de que esta situação não pode perdurar por muito tempo. Também assumem que o panorama, eventualmente, irá melhorar e que as ações realizadas – com vista a um mais forte posicionamento da empresa – terão um retorno claro quando a situação estiver melhor. Ou seja, as empresas necessitam reduzir os custos a curto prazo e criar um posicionamento competitivo a longo prazo, e esta é uma questão que afeta por igual todas as empresas – grandes, médias e pequenas. Delas depende a escolha entre se deixar vencer ou se defender dos ataques da concorrência. Não se esqueça de que as empresas que hoje são grandes uma vez foram pequenas e médias – como a sua.


tempoNão é o peixe grande que come o pequeno… mas sim o mais rápido que come o mais lento.

Acredite ou não, a Tecnologia da Informação representa um papel fundamental quando se fala em competição e crescimento, controle de custos, diferenciação e maior cota de mercado, sem a perda da flexibilidade que os seus clientes exigem, e sem a perda da sua margem de lucro. No caso das pequenas e médias empresas, é inegável que esta flexibilidade só se pode obter através da integração de sistemas, a única alternativa para se concentrar e atuar de forma rápida. A solução da SAP foi concebida tendo em vista a integração, o que significa que a sua empresa ficará, desde o primeiro momento, totalmente capacitada para rapidamente explorar as novas oportunidades de negócio, ou competir em novos nichos de mercado com maiores garantias de sucesso. Os seus concorrentes sabem disso, e os seus clientes também.

De que forma pode a SAP ajudar você a realizar um investimento seguro, rápido de implementar e com retornos imediatos, em termos de investimento e de informação? Através das nossas soluções de gestão setoriais para as pequenas e médias empresas. São soluções desenvolvidas com ênfase específica nos processos fundamentais para o seu setor de atividades – obtidos a partir das melhores práticas de negócio – para desta forma conseguir uma redução no tempo de implementação de até 75%. Desse modo, apenas será preciso efetuar pequenos ajustes com vista à otimização total da aplicação, permitindo assim obter as informações e os relatórios necessários, um acompanhamento rigoroso das suas vendas (para saber aquilo que se vende e o que não se vende), a possibilidade de saber (em qualquer momento) quais são os seus melhores clientes (o que compram, por que compram, com que freqüência, qual a rentabilidade que representam), informações exaustivas sobre os ciclos de produção e sobre a gestão eficiente dos aprovisionamentos e inventários – em resumo, terá à sua disposição as informações necessárias para tomar decisões fundamentadas e atuar com a velocidade e na medida adequada.

O SAP é só para grandes empresas

O planejamento estratégico sistematizado tem-se tornado, cada vez mais, um fator vital para as pequenas e médias empresas, pois elas não podem permanecer indiferentes aos desafios que, tanto interna como externamente, devem enfrentar, principalmente em momentos tão incertos como o atual. Muitas dessas empresas se deparam hoje com duas questões fundamentais:

• Como implementar procedimentos sistemáticos de planejamento estratégico orientados para o futuro?
• Que fatores de sucesso deve-se ter em conta ao longo desse processo?

São vários os elementos que definem o ambiente envolvente das pequenas e médias empresas: processos de negócio que ligam diversos setores de atividades, a tendência para altos investimentos de capital, tendo em vista a internacionalização, uma pressão crescente sobre as margens de preços por parte das grandes empresas e, por último – mas não menos importante -, os desenvolvimentos tecnológicos – a maioria dos quais nos orienta para relações de negócio totalmente novas.

empresas-grandesTodos esses desafios têm uma influência direta na área de atuação das pequenas e médias empresas. Dessa forma, para alcançar novos mercados, por exemplo em âmbito regional, qualquer empresa deve definir um posicionamento claro e indiscutível, que lhe permita competir de modo eficaz. Será ainda necessário criar as estruturas organizativas e proporcionar as condições tecnológicas adequadas, que facilitem o seu acesso a novas rotas comerciais e de fornecimento. Mas gerir todas essas variáveis, ao mesmo tempo em que se pensa em necessidades futuras com alguma flexibilidade e inovação, requer o desenvolvimento de estruturas, processos e mapas de sistemas, muito diferente do que, atualmente, constitui a realidade das pequenas e médias empresas.

No mundo dos negócios, o tamanho não importa. As pequenas e médias empresas que, de forma recorrente, confiam no seu instinto ou, simplesmente, mantêm um comportamento passivo face aos novos desenvolvimentos que ocorrem no seu meio ambiente econômico, colocam em perigo a sua capacidade competitiva a curto e médio prazo. Por esta razão, as pequenas e médias empresas devem estar aptas a traduzir a sua visão e estratégias em realidades possíveis, solidamente assentes nas bases de uma estrutura tática e operacional de referência, tal como fazem as grandes empresas. Como consegui-lo? Com ferramentas e soluções ERP (Enterprise Resource Planning) de gestão empresarial, que dão às pequenas e médias empresas a contribuição, de acordo com as suas características e necessidades, do suporte necessário para manter e rever a sua planificação estratégica de modo sistematizado.

Muitos dos nossos clientes, que são pequenas e médias empresas, adotaram as nossas soluções ERP exatamente pelas mesmas razões das grandes empresas: há eficiências a adquirir, novos mercados a conquistar e concorrentes para controlar.